O ar-condicionado no carro é um item praticamente sagrado para muitos motoristas que passam horas no trânsito enfrentando frio e calor. Isso sem se falar daqueles que  querem fugir da poluição das ruas. Mas saiba que não existe conforto algum se não houver a limpeza do ar-condicionado automotivo. Afinal, um sistema sem a higienização correta, além de ter seu funcionamento afetado, pode causar sérios problemas à saúde.

Quando eu devo fazer a limpeza do ar-condicionado automotivo?

Quanto mais frequente o uso do ar-condicionado, mais frequente deve ser feita a manutenção. A recomendação geral é que se faça a limpeza do ar-condicionado automotivo a cada 6 meses, além de providenciar uma manutenção a cada 30 mil quilômetros rodados. Porém, alguns sinais podem indicar que chegou a hora da manutenção. Veja a seguir!

Mau cheiro

O odor desagradável é causado pelo acúmulo de ácaros, bactérias e fungos nos filtros de ar do sistema de refrigeração. Sem a limpeza adequada, eles se desenvolvem, criando verdadeiras colônias e espalhando um cheiro desagradável por todo o interior do veículo.

Problemas respiratórios

Saiba que, se os passageiros começarem a sentir dificuldades respiratórias ou a espirrar justamente quando o ar-condicionado é ligado, esse certamente é o momento de realizar uma bela limpeza. Afinal, é melhor investir na higienização do que gastar com médicos e ainda prejudicar a saúde da sua família.

Dificuldade de ventilação

O filtro de ar sujo pode impedir parte da passagem do ar, comprometendo a eficiência do ar-condicionado automotivo. Assim, para atingir a temperatura desejada, o sistema precisa ficar ligado por mais tempo e em uma potência maior, consumindo mais bateria e combustível.

O que será limpo na higienização?

Filtro

O filtro de ar é o refiltro de ar condicionado automotivosponsável por garantir que um ar limpo e agradável saia do sistema, retendo as impurezas. Ele geralmente fica escondido antes das saídas de ar.

O seu tempo de troca depende muito da frequência e da intensidade de uso do ar-condicionado. Por isso fique atento aos sinais negativos que listamos acima.

Tubulações

Ao fazer a manutenção do ar-condicionado, é feita a higienização dos tubos internos do sistema, por onde todo o ar passa. Esse processo é realizado por meio de um spray que elimina as impurezas acumuladas nessas regiões.

Evaporador

Além da limpeza básica, talvez seja preciso pensar em uma higienização mais profunda. Aí é que entra o evaporador, responsável por resfriar o ar. Esse item dá um pouco mais de trabalho para ser removido, tanto que o processo requer mão de obra especializada.

Compressor

Como o compressor é o único componente que possui peças móveis no sistema de ar, a troca do óleo lubrificante, de baixa viscosidade e composição química diferenciada, é essencial para sua manutenção.

ar condicionado

Procurar um profissional capacitado para fazer a limpeza do ar-condicionado do seu carro vai evitar maiores problemas. Então não abra mão desse cuidado! Aqui na Tresauto somos especialistas nesse tipo de serviço e você pode contar com a gente.

Afinal, esses procedimentos são fundamentais para o bom funcionamento do seu carro, e também para sua saúde!